Estamparia Social faz parceria com Sou de Algodão e mostra a importância de ações de capacitação profissional e reintegração social de egressos do sistema prisional na produção das camisetas da ação comemorativa ao nosso terceiro aniversário no SPFW N48.

Empatia, solidariedade e acolhimento. A indústria da moda, tão ampla, tem muita capacidade para incluir, abrigar e dar um novo lugar a pessoas que precisam ressignificar suas vidas e olhar para o futuro. Assim é o Estamparia Social – projeto que atua na inclusão social, capacitação profissional e empreendedorismo a pessoas em situação de rua – escolhida especialmente para costurar as camisetas usadas na ação comemorativa aos nossos 3 anos de Sou de Algodão, com estampas criadas pelos estilistas Ângela Brito, Isaac Silva, João Pimenta e Reinaldo Lourenço, do line-up do SPFW, e estampadas em impressão digital Epson pela T&C.

O projeto, que nasceu em 2018 em São Paulo, veio da ideia dos estudantes Isabela Francischini e Robson Sanches de capacitar egressos do sistema prisional em situação de rua, oferecendo a eles, inicialmente, apenas cursos de estamparia. Hoje conta também com os cursos de empreendedorismo e corte e costura para que essas pessoas, muitas vezes excluídas da sociedade, possam se reintegrar e inserir-se novamente no mercado de trabalho.

Um dos fundadores do Estamparia Social e também egresso, Robson Sanches, entende o quanto a sociedade pode ser cruel às vezes, deixando à sua margem pessoas que precisam de uma segunda chance, e explica que é necessário abrir espaço para que esses egressos não voltem ao cenário de crime por falta de opções para sobreviver. Por isso, além de capacitar o morador de rua, o projeto também oferece um coletivo de geração de renda em que seus integrantes possam desenvolver produtos para serem comercializados, aumentando a autoestima destes e garantindo independência financeira.

Para a ação, o projeto colaborou com corte, costura e acabamento das camisetas, que foram produzidas com malha 100% algodão. Robson conta que está feliz com a repercussão da parceria, onde teve seu trabalho contemplado pelos quatro estilistas e pela multinacional Epson, e ainda será conhecido por um público ainda maior de influenciadores: “Além de poder dar maior visibilidade para a causa do Estamparia Social, admiramos a Sou de Algodão e vemos muita sinergia no trabalho. Foi uma surpresa receber o convite!”.

Atualmente, o Estamparia Social capacita, em média, 20 pessoas por mês através de seus cursos que são oferecidos em albergues da cidade de São Paulo, em aulas com três horas de duração, duas vezes por semana. Em um ano e meio de atuação, o projeto já capacitou e reintegrou à sociedade mais de 180 pessoas, e segue transformando vidas, principalmente de quem recebe seus produtos!