Loading...
empreendedorismo

Produtividade e organização para artesãos: 6 dicas para seu trabalho render mais

24 de fevereiro de 2023 | 1

Empreendeu nas artes manuais e precisa de uma mãozinha para planejar sua rotina de trabalho? Confira 6 dicas de organização para artesãos do Osni Júnior, diretor de marketing da Círculo S/A!

Empreender com artesanato é um tanto quanto desafiador e não basta apenas ter o domínio da técnica artesanal.

Para quem quer realmente se dedicar a esta fonte de renda e transformar a atividade em um potencial negócio, é fundamental incluir alguns hábitos no seu dia a dia. Afinal, é preciso gerenciar o tempo (de trabalho e lazer), espaço, estoque e prazos de encomendas, financeiro, etc.

Não sabe como equilibrar tudo isso? Continue por aqui que eu vou dar algumas dicas de produtividade e organização para artesãos.

Planejamento: anote tudo!

Sim, esse é ponto inicial de quase tudo que queremos fazer, certo? Afinal, se não colocarmos tudo no papel, ficamos perdidos e isso pode provocar atrasos, confusões e até perdas mais para frente. Por isso, dedique um tempo neste ponto para que o restante flua e saia conforme o planejado, sem surpresas desagradáveis que possam te prejudicar ou prejudicar o seu negócio.

Para te ajudar nesse ponto, use uma agenda ou planner, seja digital ou impresso (como preferir), mas que você consiga fazer anotações, atualizar e consultar sempre. O ato de escrever as tarefas em um lugar, já ajuda a organizar a sua rotina e tempo, e proporciona mais consciência e controle do que tem que ser feito, de compromissos e encomendas.

Estabeleça um lugar para trabalhar

Muitos artesãos não possuem um ateliê próprio. Por isso, adaptam um cômodo da casa para se transformar em seu ateliê (e se você ainda não definiu um canto na sua residência somente para seu trabalho, faça agora mesmo!).

Isso já um ponto importante para definir limites em duas questões: o seu ambiente de lazer/familiar e o seu local de trabalho, e também para que as outras pessoas que convivem com você entendam que, não é porque você está trabalhando de casa que está disponível.

Defina seu período de trabalho

Sobre o tempo, é fundamental definir o horário de trabalho mais adequado para as suas produções dentro da sua rotina pessoal, e claro, não negligenciar o tempo de descanso e lazer.

Saber equilibrar a sua rotina pessoal e profissional é essencial para a sua saúde e bem-estar. Planeje sua semana e dias, priorize o que for mais urgente das encomendas, organize os materiais que irá precisar, concentre as produções em horários que não exigem tanto de você na rotina familiar e do lar, para que consiga se manter mais focado e produtivo nesses períodos.

Um projeto de cada vez

Oba! Você fechou muitos projetos! Isso é ótimo, mas é também um alerta para que consiga organizar os trabalhos de acordo com os prazos de entrega, sem se sobrecarregar.

Quem começa tudo junto, ou inicia uma peça, para no meio e começa outra e depois outra, não entrega nada direito ou não entrega nada. Portanto, calma, respira fundo, pegue sua agenda ou planner e defina cada um dos projetos contratados: qual é a peça, materiais necessários para a execução, tempo médio estimado para realizá-lo e como você vai colocá-lo na sua rotina de produção.

Fazer tudo ao mesmo tempo pode afetar a sua criatividade e produtividade, afinal, vai se tornar cansativo e frustrante quando perceber que não terminou nenhuma das peças que precisava e deixou tudo pela metade. Eleja os maiores e mais urgentes e comece por eles.

Ferramentas ajudam na organização para artesãos

Pensar no criativo da peça, na compra de materiais necessários, no planejamento para executar, no valor que precisa cobrar seus produtos, nos prazos para seguir, no atendimento ao seu cliente diariamente para tirar dúvidas, no marketing e divulgação do seu negócio, nas finanças, assistir aulas e cursos para se atualizar… É muita coisa para você dar conta sozinha, certo?

Por isso, opte por ferramentas que podem ajudar na organização para artesãos, de tempo e demandas, bem como na otimização de recursos. Já falamos aqui do planner ou agenda, que é onde você fará suas anotações e planejamento diários, semanal e mensal. Mas conheça outras possibilidades que possam te auxiliar.

Por exemplo, a ferramenta de precificação do app Love Círculo, que ajuda a precificar o valor de peças artesanais, levando em consideração tempo de confecção, compra de materiais, custos envolvidos na produção como embalagem, entre outros.

No aplicativo, que tem a versão gratuita e premium, você pode digitar as principais informações do projeto, que fará o cálculo e vai gerar o valor final da peça.

Aproveite também as redes sociais para divulgar o que você faz e mostrar um pouco do seu dia a dia de trabalho, seja por meio de fotos ou de vídeos curtos. Esses canais também te permitem m contato direto com o seu público e, consequentemente, amplia as chances de vendas.

E “se joga” na infinidade de conteúdos gratuitos na internet (vídeos, e-books, sites especializados, lives) para se atualizar e aprender algo novo ou aprimorar uma técnica que já utiliza.

Atenção às datas comemorativas

Algumas datas comemorativas rendem muito para o comércio e também para o mercado artesanal, quando há maior procura por encomendas e presentes.

Páscoa e Natal são alguns exemplos em que muitas pessoas buscam enfeites feitos à mão para decorar ambientes. Você pode aproveitar essas ocasiões festivas para fazer uma renda extra e vender mais, mas é fundamental se planejar, para que antecipe as produções e garanta que elas estejam finalizadas antes da data comemorativa.

É interessante também divulgar com antecedência algumas ideias e se colocar à disposição para encomendas, assim você consegue produzir sob demanda também, sempre gerenciando seu tempo e negócio para não se perder.

Quer uma boa dica? Faça no começo do ano um planejamento anual com as principais datas comemorativas e pesquise algumas inspirações para cada uma delas. Deixe anotado e, conforme for surgindo tempo na sua agenda, vá produzindo algumas dessas peças, para já criar o seu portfólio, identificar possíveis dificuldades na execução e, até mesmo, testar a receptividade da peça com o seu público, ao postar só para dar um “spoiler”. Se eles gostarem muito, é um sinal de que vale a pena investir na produção e inserir no seu mix de produtos.


Tem mais alguma dica que você aplica no seu dia a dia que te ajuda a ser mais produtivo (a) e organizado (a)? Compartilha aqui comigo nos comentários!

Aproveite e me siga no Instagram @jrcirculo, lá compartilho meu dia a dia e muitas dicas sobre o universo handmade, culinária e muito mais.

 


0 comentários

deixar um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *