Loading...

blog / Coleção rastreável, tratamento de água, reflorestamento: conheça os projetos ambientais de nossas marcas parceiras

algodão & sustentabilidade | 24 de junho de 2022 | 0

No mês do meio ambiente, propusemos uma corrente para nossas marcas parceiras compartilharem suas iniciativas de proteção à natureza. Conheça algumas delas e inspire-se! 

Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado em 5 de junho, lançamos a hashtag #PorUmFuturoResponsavel. A ideia foi criar uma corrente entre nossas 970 marcas parceiras, para que elas compartilhassem em suas redes sociais as boas práticas e projetos ambientais adotados em suas políticas empresariais. 

Atualmente, as empresas participantes do Sou de Algodão ajudam a promover o uso da fibra nacional que possui certificação do Programa ABR (Algodão Brasileiro Responsável) na fabricação das peças. Na última safra, cerca de 84% da matéria-prima ganharam esse reconhecimento.

Ao todo, 152 marcas participaram da campanha #PorUmFuturoResponsavel e selecionamos aqui algumas dessas iniciativas. Conheça todas elas buscando por #PorUmFuturoResponsável no Instagram.

Renner lança calças jeans rastreáveis no programa SouABR

Um dos exemplos da transparência com as práticas é este projeto de rastreabilidade, que permite ao consumidor conhecer a origem da peça em toda sua cadeia produtiva. Recentemente, a Renner lançou uma coleção com as primeiras calças jeans rastreáveis, em parceria com o Movimento Sou de Algodão por meio do Programa SouABR.  O produto vem acompanhado de um QR Code impresso nas tags que leva a uma página da web com as informações sobre a trajetória da matéria-prima. Conheça o programa AQUI. 

Três modelos de calças da coleção cápsula feminina rastreável, lançada em maio / 2022 | Fotos: divulgação

Min Representações aposta em créditos de carbono 

Além do uso de algodão certificado Better Cotton Initiative (BCI), a marca também possui uma parceria com o projeto socioambiental ONE TREEPLANTED. Com isso, a marca diminui e compensa as emissões de carbono na atmosfera, por meio do plantio de árvores na Amazônia.

Mensageiro dos Sonhos não utiliza mais plástico nas embalagens e distribui sementes para os consumidores

Com a coleção “Natureza”, a marca apostou na distribuição de sementes de árvores, malhas com material reciclado e fibra natural, além da embalagem sem plástico! Além disso, há também uma área de preservação na fábrica e tratamento ecológico de parte do esgoto. Por último, a marca conta com a parceria da Espaço Silvestre para reverter recursos para auxiliar na reabilitação e soltura de animais em Santa Catarina.

Tecidos Constâncio Vieira tem compromisso com a água utilizada na produção e com a biodiversidade

A tecelagem tem tratamento de água e efluentes e água de reuso, reflorestamento próprio de eucalipto, recuperação de mais de dez nascentes, preservação da biodiversidade local, direcionamento inteligente das sobras de produção e, por último, escolha de fornecedores responsáveis para promover uma cadeia sustentável.

Urbano Têxtil é exemplo no tratamento de resíduos

Além de fazer parte do programa “descarte zero de produtos químicos perigosos”, conhecido como ZDHC, a malharia também possui estação de tratamento de efluentes e produz malhas recicladas. A fábrica também tem uma caldeira com baixa emissão de poluentes, faz reciclagem de resíduos e possui máquinas que trabalham com relação de banho baixo, onde a cada quilo de malha, são utilizados somente quatro litros de água.

0 comentários

deixar um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.