Loading...
algodão & sustentabilidade

5 motivos que fazem do brechó uma tendência mundial

19 de abril de 2023 | 1

Ainda resiste às peças de segunda mão? Você pode estar perdendo tempo e dinheiro! Os brechós são uma tendência mundial e são mais legais do que você imagina!

Enquanto estava no meu momento de leitura da edição de fevereiro da Vogue – revista que indico para quem quer conteúdo relevante de moda – uma matéria sobre a bolsa Jackie despertou a minha atenção.  

Segue um breve resumo e você já vai entender por que estou trazendo essa informação: a Jackie é uma das bolsas emblemáticas da Gucci, que segue em destaque com novas versões a cada temporada. Isso reflete a tendência atual na qual o acessório da vez não é descartado na próxima estação. Nesse contexto, quando o assunto é a moda na abordagem slow fashion, que faz todo o sentido nos dias de hoje, é impossível não citar os brechós.  

              Impulsionados, principalmente, pelo aumento da consciência ambiental e do consumo sustentável, os brechós estão cada vez mais populares ao redor do mundo. Segundo uma matéria da Folha de São Paulo, só no primeiro semestre de 2022, a demanda nos brechós cresceu em média 30%. E mais, segundo pesquisadores americanos, as perspectivas é que o mercado second hand ultrapasse o setor de fast fashion até 2030.  

Se você olhar ao seu redor, é fácil perceber isso. Não se acredita mais naquele estigma ultrapassado que existia no Brasil de que brechós vendem roupas velhas, sem valor ou com energia carregada. As pessoas estão se abrindo e a prova disso é o aumento de mais de 500% na busca por roupas de segunda mão no Google 

Estamos falando de uma mudança de costume que vem sendo construída ao longo de décadas e, nos últimos anos, disparou. Vamos entender os 5 motivos que fazem do brechó uma tendência mundial?  

1.    Consumo responsável 

Conforme dados da Exame de dezembro de 2022, o fast fashion possui um impacto significativo no meio ambiente por meio das emissões de carbono. Com base na pesquisa do grupo ambientalista Stand.earth, a matéria indica, ainda, que a indústria da moda é responsável por 10% das emissões anuais de dióxido de carbono (CO).  

Na contramão, os brechós se destacam por contribuírem para a redução da produção de novas peças, ação que consome energia e matérias-primas em sua fabricação. Além disso, a compra em brechós incentiva a reutilização das roupas, prolongando sua vida útil e evitando que elas sejam descartadas precocemente, minimizando o desperdício.  

2.    Uma moda que cabe no seu bolso 

Outra razão que vem elevando a popularidade dos brechós é a democratização da moda, pois possibilita adquirir uma roupa ou acessório por um preço mais em conta.  

Muitas lojas – não todas e você vai entender melhor no próximo tópico – vendem peças de segunda mão em ótimo estado de conservação, por preços muito mais acessíveis do que os praticados no mercado convencional. Assim, é possível renovar o guarda-roupa, inclusive com produtos de marcas famosas e consideradas caras, de forma acessível. 

Outra novidade que vem sendo destaque nesse mercado, são pessoas comuns (não lojistas) criando perfis de brechós, nas redes sociais, para vender seus produtos pessoais usados. Esse é um benefício para ambos os lados, quem vende ganha um dinheiro extra com algo que estava parado, e quem compra garante uma pechincha entre todos os outros benefícios da moda circular.   

3.    Peças únicas e vintage 

Na minha última ida à Nova York, dediquei alguns dias para explorar brechós renomados, frequentados inclusive por celebridades.  

Lembra que mencionei anteriormente que não são todos que disponibilizam peças mais em conta? Chegou a hora de falar sobre os brechós de luxo.  

Nas ruas do Soho, bairro super hypado e repleto de second hand na Big Apple, os brechós, que antes eram considerados pontos de “garimpo”, agora são verdadeiras lojas. As curadorias são muito específicas, com um foco muito bem definido, unindo não apenas moda, mas arte e decoração.  

Entre as prateleiras, é possível encontrar bolsas vintage, por exemplo, de grifes famosas, como Chanel, Louis Vuitton, Prada e outras marcas com longa história. Algumas dessas peças, por serem únicas e raras, podem ser vendidas por valores maiores em relação ao preço do produto novo na loja.  

Esses valores se justificam pelo fato de que muitas dessas peças são de estilistas que não trabalham mais para a marca, de tendências passadas ou itens de colecionador, que só podem ser encontrados em brechós. No Brasil, esse formato vem crescendo exponencialmente, porém ainda observo que falta cuidado na entrega e branding focado no lifestyle. 

4.    Impacto Social  

Os brechós não só proporcionam a oportunidade de encontrar peças exclusivas e com preços acessíveis, mas também têm um impacto positivo no aspecto social.  

Muitos são administrados por organizações sem fins lucrativos. Além de contratar pessoas que enfrentam dificuldades em conseguir emprego em outros setores, recebem itens em bom estado por meio de doações, que são vendidas para arrecadar fundos para seus programas e serviços. 

Algumas organizações também têm programas que permitem que pessoas necessitadas recebam roupas gratuitamente ou por um preço reduzido. Isso pode ser especialmente útil para indivíduos e famílias que estão enfrentando dificuldades financeiras, incluindo desemprego, falta de moradia ou doenças.  

5.    Entenda o conceito dos brechós  

A indústria da moda está em constante evolução, mas ainda enfrenta diversos desafios. Portanto, é essencial as pessoas se conscientizarem sobre a qualidade de roupa e acessórios que estão consumindo e como isso afeta a indústria como um todo. 

Os brechós vêm sendo um excelente exemplo, não só por ser uma escolha econômica, mas também por ser uma escolha ética. Pensa comigo: a base de produtos que vão para os brechós é a qualidade. Uma vez que uma peça sem qualidade é adquirida, ela não dura ao ponto de um dia ser second hand. Logo, quem acredita no movimento dos brechós, normalmente, é adepto do slow fashion, se preocupa em conferir a composição – se tem materiais de qualidade e duráveis, como o algodão 

Ainda nesse sentido, peças com maior durabilidade geralmente são fornecidas por marcas de confiança e que proporcionam bons produtos e condições adequadas de trabalho.  

Essa é uma oportunidade de repensar a moda como uma indústria que precisa de mais atenção e cuidado. Embora um vestido super tendência que custe R$ 49,90 em uma marca que está bombando possa chamar a atenção, é importante questionar o que está por trás desse preço.  

Ainda assim, mesmo em brechós, tente avaliar a marca ou de onde vem a peça que você está comprando. Pequenas mudanças individuais podem ter um grande impacto coletivo. Vamos juntos repensar nossas atitudes?

Por fim, com base nos 5 motivos que fazem do brechó uma tendência mundial, me conta: este artigo mudou a sua percepção sobre os brechós? Alguma informação impressionou você?  

Em breve volto com mais conteúdo de moda por aqui. Até logo! 


0 comentários

deixar um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *