Loading...

blog / Como escolher roupas íntimas infantis: algodão é a melhor solução

saúde & bem estar | 21 de junho de 2022 | 0

Alergias e irritações na pele podem ser evitadas com escolhas responsáveis. Saiba por que o algodão é a fibra mais indicada para cuecas e calcinhas infantis.

A liberdade da fase infantil é incrível. Uma caixa de papelão pode se tornar a maior nave espacial do mundo, assim como o chão pode virar lava em questões de segundos. A imaginação é o que move os pequenos e é importante que eles tenham essa autonomia em todas as áreas de suas vidas para poderem correr, brincar e ser criança. E nada pior que alergias ou outros problemas na pele para atrapalhar essa fase tão gostosa, não é mesmo?

As roupas íntimas infantis, muitas vezes, não recebem tanta atenção quanto à matéria-prima e à composição, mas elas também podem gerar desconforto, irritações e alergias nos pequenos. Por isso, separamos 3 dicas de como escolher as melhores opções de cuecas e calcinhas para manter as crianças saudáveis e sempre ativas!

Algodão é a melhor solução para roupas íntimas infantis

A fibra natural absorve a transpiração e aquece menos o local. Isso resulta em uma pele mais sequinha e diminui os riscos de alergias e proliferação de fungos.

“O algodão apresenta uma propriedade muito importante: a sua respirabilidade, não acumulando o calor. Assim, é um tecido fresco, confortável e macio”, comenta Dra. Renata Bazan, médica dermatologista da Unimed Ribeirão Preto (CRM 81953/ RQE: 18952/02).

Além de ser extremamente versátil, o algodão pode ser encontrado em malhas, moletinho, moletom e até jeans, para vestir os pequenos da cabeça aos pés!

Calcinhas infantis da Lelê Pipa

Tecidos sintéticos? Melhor passar!

Além de compor um tecido que pode irritar a pele, as fibras sintéticas podem causar assaduras na virilha, o que não é nada agradável.

“Devemos observar atentamente o tecido, sempre evitando os sintéticos. Eles predispõem a reação alérgica e infecções fúngicas e bacterianas por não absorverem bem a transpiração. Além disso, é preciso ficar atento ao tamanho da peça íntima infantil, que não deve ser pequena e nem grande demais para causar desconforto.”, alerta Dra. Renata.

Calcinha infantil da Confecções Luna

Deixe as cores para os desenhos

Quando pensamos em roupas infantis, sempre vêm à cabeça cores e estampas alegres. Mas saiba que isso não é ideal quando falamos de calcinhas e cuecas para crianças. Quanto mais colorida a peça for, mais produtos químicos são usados, aumentando as chances de alergias ou irritação.

“Para a roupa íntima infantil, as cores devem ser evitadas por apresentarem muitos componentes químicos que podem causar dermatites. Já, as rendas podem ser desconfortáveis, além de machucar a pele que, nessa fase, ainda é muito sensível”

Por isso, escolha peças responsáveis!

 Dona Caraminhola

Dica Extra: cuidado na lavagem é fundamental!

Na hora de lavar as peças íntimas infantis, evite amaciantes e produtos com aroma, isso pode irritar a pele dos pequenos. Dê preferência para sabonetes neutros ou produtos específicos para o público infantil.

O algodão está presente em tantas fases da vida e, na infância, cumpre um papel muito importante de proteção. Isso tudo, além de ser suave e macio, é ideal para que as crianças possam desfrutar de todo o conforto que só essa fibra natural traz!

0 comentários

deixar um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.