O objetivo do movimento que incentiva o uso da fibra de algodão na moda é mostrar as origens e as histórias relacionadas com as cadeias produtiva e têxtil.

Quando nascemos, apresentamos ao mercado os atributos do algodão frente às outras fibras têxteis, principalmente a sintética. Depois, mostramos que o algodão é democrático, inclusivo e que veste a todos os estilos, gêneros e classes. Neste ano, durante a 46ª edição da Casa de Criadores, onde somos patrocinadores master, nós, do Sou de Algodão, celebramos nossos três anos exaltando as origens da moda brasileira e levaremos para a passarela pessoas reais de todos os elos da cadeia do algodão: produtores, funcionários, trabalhadores, estilistas, influencers, modelos, professores, alunos e consumidores. Ao todo, selecionamos 23 histórias relacionadas à fibra para desfilar na próxima sexta-feira, dia 29 de novembro, a partir das 20h30 na Alameda Olga, 197, na Barra Funda.

“A intenção é trazer diferentes perfis para contar a trajetória do algodão, do plantio ao consumidor final, mostrando que há muitos processos e pessoas envolvidos nas roupas que compramos”, explica Milton Garbugio, presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), que desfilará com sua própria família na ocasião. Outros destaques da apresentação são: o casal Paranatex, que se conheceu enquanto trabalhava na indústria têxtil; a jornalista e apresentadora Maria Cândida; a professora Simone Mina, da Faculdade Santa Marcelina; o estilista Rober Dognani; o jovem estilista austista e autodidata Jackson Salvadeu, de 21 anos, que ganhou os holofotes ao desenhar o vestido usado pela apresentadora Sandra Annenberg no Troféu Domingão – Melhores do Ano 2018; o jornalista de moda Eduardo Viveiros e, por fim, show da MC Tha.

No Desfile Sou de Algodão, 23 estilistas criaram 23 looks de algodão com parceria de 20 tecelagens. No line-up do dia 29 desfilam também: Estamparia Social, projeto patrocinado pelo movimento que trabalha na capacitação e inserção da população egressa do sistema prisional na indústria têxtil, além de Mateus CardosoDario Mittmann e Rodrigo Evangelista, vencedores do  Desafio Sou de Algodão + Casa de Criadores, concurso com estudantes de moda de todo o Brasil idealizado pelo movimento para incentivar o uso da fibra natural entre os novos talentos.

Estilistas e tecelagens parceiras no Desfile Sou de Algodão:

Estilistas: Alex Kazuo, Bispo dos Anjos, Cho. Project, Diego Fávaro, Estamparia Social, Estúdio Traça, Felipe Fanaia, Heloisa Faria, Igor Dadona, Jal Vieira, Jorge Feitosa, Ken-gá, Koia, Martins, NotEqual, PIM, Rafael Caetano, Renata Buzzo, Reptilia, Rober Dognani, Rocio Canvas, Thear, Weider Silveiro.

Marcas parceiras: Canatiba, Capricórnio, Cataguases, Cedro Têxtil, Cotton Move, Dalila, Fabril Mascarenhas, G. Vallone, HC Têxtil, ITM Têxtil, Jolitex, Maliber, Nicoletti Textil, Panamericana, Paranatex, Santanense, Santista Jeanswear, Textilfio, Vicunha e Zune Denim.

Abrace este movimento e acompanhe o desfile em nossas mídias sociais.