Loading...

blog / Conheça a Ecomaterioteca, um catálogo brasileiro de tecidos sustentáveis   

moda & estilo | 27 de maio de 2020 | 1

Com a demanda de designers por matérias-primas sustentáveis, iniciativa em Belo Horizonte organizou tecidos e aviamentos de origem responsável para incentivar a moda mais consciente
 

Incorporar as práticas sustentáveis à cadeia têxtil e de confecção torna-se imprescindível e urgente na tentativa de equacionar os aspectos econômicos, sociais, ambientais e éticos.  

A indústria têxtil nacional já oferece alternativas em tecidos sustentáveis, ecológicos, orgânicos, biodegradáveis e a indústria de confecção precisa dispor de processos produtivos mais eficientes e modelos de gestão mais inovadores para atender as demandas de maneira mais competitiva, responsável e sustentável a longo prazo.  
 

Portanto, é necessário haver ações que unam as duas pontas, a indústria têxtil e a de confecção. A cadeia de fornecimento nacional torna-se mais competitiva e o Brasil pode ser referência mundial no desenvolvimento de matérias-primas responsáveis com a crescente conscientização dos consumidores sobre os impactos socioambientais causados pela indústria têxtil e de confecção.

tecidos sustentáveis
Idealizadoras planejam a reabertura do espaço em junho, devido à pandemia de Covid-19 | Foto: Josi Fiuza

TECIDOS SUSTENTÁVEIS CATALOGADOS E ORGANIZADOS

Neste cenário, percebemos que há um desejo entre os designers de viabilizar produtos e projetos utilizando materiais mais sustentáveis, mas estes não eram conhecidos e não estavam catalogados, reunidos em nenhum acervo acessível. 

Ficou evidente para nós, a necessidade de implantar um acervo que serviria de apoio fundamental para os criadores de produtos de moda, design, entre outras áreas do conhecimento. E assim, nasceu a Ecomaterioteca em outubro de 2017 na cidade de Belo Horizonte, com o objetivo de socializar a pesquisa e a inovação dos materiais têxteis responsáveis.  

A intenção da Ecomaterioteca é fomentar práticas sistêmicas de produção de vestuário e acessórios de moda, bem como, de produtos de design e consultas ao acervo, em constante renovação. Somos um acervo itinerante no qual estão reunidos, catalogados e classificados os materiais têxteis responsáveis.  

A Ecomaterioteca também atua com consultorias online | Foto: Josi Fiuza

DIFERENTES TIPOS DE ALGODÃO

Estão disponíveis na Ecomaterioteca tecidos, fios, telas e aviamentos (ecológicos, biodegradáveis, orgânicos e sustentáveis) de 34 fornecedores da cadeia têxtil brasileira. Temos até o momento mais de 500 artigos diferentes, dos quais mais de 160 artigos são de composições de algodão ABR/BCI, mais de 40 artigos de algodão orgânico e mais de 300 artigos de algodão reciclado.  

O Algodão Brasileiro Responsável (ABR) e o algodão licenciado Better Cotton Initiative (BCI) garantem a rastreabilidade do algodão, com o objetivo de melhorar os impactos do cultivo até o processo de separação das sementes. O restante da cadeia é de responsabilidade da empresa que compra a fibra.  

Já o algodão orgânico é produzido de acordo com os padrões da agricultura orgânica, cultivado sem defensivos e sem utilização de sementes geneticamente modificadas. O algodão orgânico naturalmente colorido, por exemplo, é cultivado no sistema agroecológico, no Sertão ou no Seridó Nordestino. Sua pluma já nasce da cor do produto final, e o mais comum é em tons de marrom (BRS 200 Marrom, BRS Rubi, BRS Safira e BRS Topázio, BRS Verde).  

Outro tipo de tecido é o feito com algodão reciclado, fabricado a partir de aparas de resíduos têxteis de algodão e misturado com outros fios na composição dos tecidos sustentáveis.  

Ecomateriotecatorna-se, portanto, uma ponte entre a indústria têxtil e a indústria de confecção, entre a academia e o mercado, entre o mercado e o consumidor ao propor a discussão sobre as possibilidades da moda responsável e disponibilizar o conhecimento sobre novas formas de criar produtos de design mais sustentável.

Além do catálogo, a Ecomaterioteca também tem um calendário de cursos e ações educativas ao longo do ano e também atua com consultorias online. Para conhecer mais, CLIQUE AQUI.


 

 

1 comentário

deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *