Loading...

blog / Autoconhecimento, pausa, liberdade. Vamos bordar?

saúde & bem estar | 27 de julho de 2020 | 6

Bordado Livre. O nome desta técnica já me encanta por si só.

Fazer os pontos de forma livre, sem precisar fazer contagens de receitas exatas como no ponto cruz, no tricô ou no crochê. No bordado livre você escolhe um ponto e segue com ele até onde achar que precisa ser feito. Pode-se mudar para outro no meio do caminho, sobrepor, desfazer e refazer usando outros tantos pontos. O bordado é livre.

Esta liberdade deixa espaços para a mente divagar, para perceber alguns pensamentos, para se ouvir. Um ponto atrás e voltamos no tempo, surge uma lembrança gostosa. Um ponto pirulito e a criança que nos habita sorri. Um nó francês e surge aquela vontade de desfazer algum nó na garganta que incomoda. Sentimentos alinhavados e pespontados à vida que vamos costurando.

Sentar com um bordado nas mãos pode ser uma oportunidade para se perceber. Primeiro, a sensação dos materiais nas pontas dos dedos. A textura do algodão cru, tecido rústico com a resistência perfeita para realização dos pontos e suas tramas mais marcadas. Depois, o barulho da agulha furando o tecido e da linha passando por ele. A repetição dos movimentos, dos sons, do tato e toda uma concentração espontânea que surge com a repetição dos pontos e nos deixa no momento presente.

Esta presença em ver o bordado surgir ponto a ponto ajuda a esquecer um pouco das ansiedades que nos aflige com as questões cotidianas. Além de tudo, é imensamente prazeroso ver o bordado ganhar forma, nos faz sentir capazes, aumenta nossa senso de realização e nos deixa mais confiantes.

E no final de todo esse processo? Uma peça linda cheia de intenções e muito significativa para enfeitar a casa e abrir sorrisos de quem a receber.

Você consegue pensar em algum motivo para não bordar?

Eu definitivamente não, mas se me disser que é por falta tempo eu lhe digo que o bordado é de pouquinho, nos intervalos da vida, justamente quando a mente precisa de um respiro, um verdadeiro convite para se dar uma pausa das correrias do dia a dia.

As vezes a gente só precisa mesmo se permitir e experimentar algo novo.

Vamos bordar?

6 comentários
  1. crochê passo a passo
    crochê passo a passo says:

    Maracilhoso artigo. Obrigado por compartilhar 😀

    No programa Croche de Avançado, até novatos conseguem aprender e fazer peças avançadas de crochê. Será entregue a você, todo mês, peças novas, além das que já existem na plataforma, isso garante que você sempre terá peças novas a ofertar para seus consumidores.

    Responder

deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *