Loading...

blog / Almofadas de algodão: a opção certa para relaxar e aconchegar

moda & estilo | 1 de março de 2021 | 0

Conheça alguns truques para você transformar seu ambiente com almofadas de algodão e ainda aproveitar os benefícios da fibra para a sua saúde! 
 

Só de falar em almofada já nos sentimos mais relaxados, não é mesmo? E, para começarmos essa conversao nome almofada tem origem árabe e significa lugar para colocar a face’. Por isso, estes objetos são tão ligados a descanso, conforto e aconchegoAqui, a textura macia é a chave para que a almofada, de fato, cumpra o seu propósito.  

Por isso, elas sempre são colocadas junto a sofás, poltronas e camas há muito tempo, compondo também a história evolutiva da casa. 

Quer saber como aproveitar ao máximo as almofadas de algodão? Então, vamos falar de alguns detalhes importantes.  

Almofada da Hygme, parceira Sou de Algodão | Foto: divulgação

Conhecendo a sua almofada e propósito 

Antes de escolher uma almofada, atente-se para as peças com capas de algodão. Além de serem mais macias e confortáveis, elas também são mais saudáveis. Para não se arrepender da compra, considere também algumas questões, como: 

Contextoonde ficarão as almofadas? No sofá, poltrona ou camaQual a cor do móvel e das paredes em que estarãoAs almofadas podem contrastar com o ambiente, ter tom sobre tom, ou ser semelhante ao móvel em que repousam. 

Funçãoas almofadas podem embelezar o ambiente, mas também desempenharão o papel de melhorar a postura ao sentarmos. Por exemplo, as peças podem diminuir a profundidade do assento para pessoas de pouca estatura.  

As almofadas também auxiliam no conforto e ajuste ergonômico e, a cada inclinação das costas sobre elas, assumiremos uma postura mais relaxada ou ereta. Ao sentar num móvel em que o encosto se encontra a 120 graus por exemplo, será mais relaxante do que nos exatos 90 graus. Claro, depende da adaptação e da preferência pessoal, mas a almofada desempenha o papel de aumentar o conforto. 

Proporção da mofada depende das dimensões do móvel de base. Aqui vale a regra do equilíbrio entre as larguras e alturas de ambos. Por exemplo, almofadas muito pequenas se perdem em móveis grandes e vice-versa. A dimensão padrão é 5x 50cm para as quadradas e 50 X 30cm para as retangulares, mas há variações e as produzidas sob medida. 

Enchimentoum dos mais usados é a microfibra de poliéster, que é um material durável e oferece maciez sem deformação. Se o material for reciclável ou ecoamigável, melhor ainda. O estofamento deve ser resiliente, ou indeformável, e hipoalergênico, isento de odor e não fazer barulho. Já os enchimentos de composição heterogênea promovem resultados desagradáveis.  O estofamento deve estar livre de mofo e bactérias para o seu bem-estar e saúde. 

Estilo: as almofadas são compositivas, trazem cor e estilo ao ambiente seja ele neutro ou colorido. Podem ser lisas, estampadas, geométricas, com botão, pingente ou pedraria. Os detalhes são bem-vindas, mas cuidado para que não tirem o conforto. 

Cor: são poderosas como toque final, sejam frias ou quentes, neutras ou multicores. A escolha depende sempre do que já existe no ambiente. As cores têm regras de complementaridade, contraste ou variações do mesmo tom. Aqui, a palavra-chave é harmonia. 

Manutenção: fator fundamental. Por isso, capas com zíper facilitam a lavagem e dão mais praticidade no dia a dia. As capas de algodão são fáceis de passar também e duram muito! 

Cores neutras, vibrantes, aplicações e detalhes: as capas em algodão da Le Chics também são versáteis | Foto: divulgação

Revestimento ou tipo de tecido

O algodão puro é uma opção prática, bonita, hipoalergênica e muito versátil, sendo uma alternativa durável para quem sempre preza por qualidade. É possível, inclusive, fazer composições com almofadas encapadas com outros materiais, promovendo um diálogo de cores e texturas. 

  • “fake fur” ou “pele sintética” – acrescentam textura e dão sensação de conforto e maciez, devendo ser usada com cuidado para não pesar ou aquecer demais. 
  • microfibra – também são ótimas em conforto e maciez, porém é um material sintético e acrescentam também um toque de aquecimento. 
  • veludos  são luxuosos e dão personalidade. 
  • percal – preferido para quarto por ser leve e fresco. Tem ótima lavabilidade com a vantagem de ser puro algodão. 
  • sarjas – são encorpadas e resistentes, têm ótima lavabilidade na máquina e puro algodão. 
  • sedas – sofisticadas, com toque suave e fresco, encontradas em muitas cores, amistosas para nossa pele e cabelo. 
Almofadas da Muug | Foto: divulgação

É importante lembrar aqui que a qualidade dos materiais da almofada – do enchimento ao revestimento – do acabamento de costura são itens de muita importância para que o resultado seja realmente satisfatório. 

São muitos detalhes para apenas um item no ambiente, mas vale muito elaborar, pois o espaço é o abrigo do nosso templo, ou seja, do nosso corpo.  

Por isso, se quisermos ter uma vida harmônica, saudável e feliz, vivendo o nosso máximo, cada detalhe conta. E as almofadas, certamente, trazem aquele brilho aos olhos que tanto faz a diferença no nosso cotidiano.  

 

0 comentários

deixar um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *