Loading...

blog / Afinal, qual a diferença entre moletom e moletinho?

| 24 de agosto de 2021 | 0

Moletom 3 cabos (esq.) e moletinho (dir.). Fotos: Malhas Menegotti

Os dois são feitos da mesma matéria-prima, mas possuem caraterísticas específicas. Descubra a diferença entre moletom e moletinho e nunca mais erre na escolha! 

O universo dos tecidos é sempre surpreendente! Inúmeras opções, cores, texturas, funcionalidades. Neste período frio do ano, o moletom ganha destaque pelo conforto térmico e toque suave na pele, porém, um “filhote” seu também vem conquistando a preferência de muita gente.  

Diferença entre moletom e moletinho 

O moletinho segue as mesmas bases, porém, é mais indicado para peças com mais maleabilidade e estrutura fluida. É uma estrutura de duas faces, frente e fundo, produzido em máquinas de malharia circular finas com fios mais delicados. O tecido é mais macio, fluido, de gramatura leve e pode ter adição de outros elementos, como o elastano. 

Já o moletom é um tecido mais grosso e resistente, com gramatura maior que a do moletinho e também produzido em máquinas de malharia circular.  ]

Moletom 3 cabos (esq.) e moletinho (dir.). Fotos: Malhas Menegotti

Tipos de moletom 

Moletom 2 cabos: é feito com dois tipos de fios: no direito, geralmente, utiliza-se uma meia-malha 30/1, e no avesso (lado da felpa), fios mais encorpados.  

Moletom 3 cabos: é aquele mais grosso, pois tem uma estrutura com três faces: frente e meio com meia malha 30/1 e a felpa (forro) com fios mais grossos. Aqui, a grande vantagem é a alta estabilidade dimensional e durabilidade.     

Basicamente, estes dois tecidos se diferem pela espessura: enquanto o primeiro é mais denso e pesado, o segundo é mais mole e delicado.   

Onde surgiu o moletom? 

Até hoje, ninguém ainda conseguiu comprovar a origem do moletom, mas é provável que ele tenha sido criado na década de 1920, nos Estados Unidos.

Alguns pesquisadores ainda atribuem a criação aos irmãos Abe e Bill Feinbloom, da companhia esportiva Champion, outros acreditam que a inventora foi a empresa Russel Corp.  

Há dúvidas também sobre o propósito da criação do moletom. Algumas teorias dizem que ele foi inventado para proteger atletas do frio e que também poderia ter ajudado a aquecer funcionários de um frigorífico que trabalhavam em câmaras de resfriamento.  

Mesmo com sua origem incerta, em 1960, a blusa de moletom se popularizou nas universidades dos EUA e se tornou, a partir de então, uma peça esportiva. Hoje, ela ganha cada vez mais versatilidade e está até em grandes desfiles de moda.  


*Agradecimentos: Malhas Menegotti, parceira Sou de Algodão.

0 comentários

deixar um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *