A história do jeans é antiga e sua evolução tem uma trajetória sem igual. De uniforme de mineradores, passou por várias fases até se tornar o queridinho do mundo da moda.

Por ser versátil, o denim começou a ser utilizado não só em calças mas em outros tipos de roupas como jaquetas, camisas, casacos, saias e vestidos. Essa versatilidade do tecido e sua qualidade encantaram a família Ledur, que há dez anos migrou da área de cepas para calçados e começou a investir no setor de jeanswear com a Gardana Jeans.

Com foco na venda por atacado, a marca gaúcha é especializada em moda feminina e dedica 90% de sua produção às mulheres. “Atendendo aos pedidos da clientela confeccionamos algumas peças masculinas também, mas a maior parte da produção é voltada para o público feminino”, comenta Tatiana Ledur, sócia da Gardana.

A empresária aponta que o diferencial da marca é o conforto. “Tem que vestir para sentir. Como temos muitos modelos básicos, por foto as peças podem até ser parecidas com as de outras marcas, mas o nosso diferencial é percebido logo que se veste a roupa. Nossa modelagem faz toda a diferença porque confere à peça um caimento perfeito e muito confortável”.

Nas palavras de Tatiana, “o jeans é peça essencial em qualquer guarda-roupa. Nunca sai de moda e pode compor todo tipo de look, desde os mais básicos até os elaborados e fashionistas”. Daí a importância de uma peça com qualidade e conforto.

 

Lançamentos e coleções

Para compor suas coleções, a Gardana Jeans alia as tendências de mercado e o que sua clientela pede. A empresa trabalha anualmente com duas coleções: de Inverno e de Verão. O que não significa, porém, mesmice e limitação de peças. “Na verdade temos uma coleção básica que divulgamos no início de cada estação, mas toda semana incorporamos peças novas, não temos uma linha fixa”, explica a empresária. De acordo com ela, isso acontece porque a produção das roupas segue a demanda dos clientes. “Começamos com uma coleção específica, que não é grande e, aos poucos, incorporamos outras peças que têm melhor saída”.

Este modelo sustentável de gerenciar a produção garante a venda de todas as peças fabricadas, pois é produzido o que os comerciantes querem. “A empresa se adequa ao que a clientela pede. Se vendemos mais um estilo, o investimento que faremos será maior. Essa é a razão de não montarmos uma coleção inteira com antecedência, pois, se fizermos isso, corremos o risco de apostarmos em peças que não terão tanta saída e ficaremos com sobras”, afirma Tatiana.

 

Inovação constante

A inovação é um ponto forte da empresa, que investe em maquinário moderno para as sete mil peças mensais que produz.

Para garantir seu padrão de qualidade, a Gardana Jeans prioriza o uso de tecidos com tecnologia de ponta, sem abrir mão, porém, daqueles que possuem maior percentual de algodão.

De acordo com a empresária, 99,9% de sua produção é composta por denim com mais de 70% de algodão. A preferência pela fibra natural vem desde o início da confecção, pois este tipo de tecido possibilita uma maior gama de lavagens diferenciadas. Além disso, algumas tecelagens possuem tecnologias modernas de produção que resultam em denim à base de algodão bastante maleável, com boa elasticidade e que proporcionam maior liberdade de movimentos.

Com esta matéria-prima a empresa consegue produzir outros tipos de vestimentas além das calças jeans, que são o carro-chefe da Gardana. “Nos destacamos também porque oferecemos peças que, normalmente, eram feitas com o que chamamos de tecidos planos. O denim evoluiu muito e com a tecnologia que temos na fábrica, aliada à excelente qualidade da matéria-prima, conseguimos  fazer camisaria e vestidos mais justos, por exemplo, muitos confortáveis de usar”.

Outro benefício que Tatiana aponta no uso de tecido com mais algodão é sua característica de deixar a pele transpirar. “O algodão dá um toque bom, macio, preferimos usar tecidos com o máximo da fibra possível”, finaliza.

 

História

Com 38 colaboradores diretos, a Gardana Jeans é uma empresa familiar, gerida por Dalia Ledur e seus filhos Tatiana Ledur, Paulo Alberto Ledur, Alexander Ledur e Henrique Ledur.

Além da fábrica e do Centro de Compras por atacado em Bom Princípio (RS), a empresa possui duas lojas em Farroupilha (RS): a atacadista, localizada no Novo Shopping 585, e o Centro de Compras, que atende atacado e varejo. A loja de Brusque (SC) foi montada para atender aos lojistas catarinenses e de outros estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná.