Your address will show here +12 34 56 78
Comportamento

Como saúde e bem-estar são assuntos que permeiam a mentalidade do consumidor atualmente, é pouca surpresa que a moda esportiva tem transitado de uma tendência de moda para uma escolha de estilo de vida. O que tem sido surpreendente é a velocidade de adaptação do consumidor e o recente crescimento do mercado.

Continuar lendo
Comportamento

Os tempos mudaram e a forma como as pessoas se vestem também. Quebrando tabús e barreiras do que é se vestir bem hoje, temos visto uma grande mudança no varejo de moda. O crescente mercado athleisure (que supõe um valor superior a US $ 97 bilhões), o fim das fronteiras entre trabalho e lazer, das estações do ano e a erosão dos estereótipos de gênero. Tudo isso contribuí para que as roupas confortáveis se tornassem um dos mais importantes significados do cool moderno. Foto: Adam Katz SindingNormcore: Moda Unisex DespretenciosaMesmo que a tendência normcore (unisex, despretensiosa e “normal”) pareça algo do passado, graças ao fato de que ela surgiu na consciência mainstream há mais de dois anos (2014) e teve mídia social maciça, a mesma não deve ser descartada como uma moda passageira. Ou pe...

Continuar lendo
Comportamento

Como saúde e bem-estar são assuntos que permeiam a mentalidade do consumidor atualmente, é pouca surpresa que a moda esportiva tem transitado de uma tendência de moda para uma escolha de estilo de vida. O que tem sido surpreendente é a velocidade de adaptação do consumidor e o recente crescimento do mercado. Nos EUA, as vendas de roupas esportivas atingiram US $ 33,7 bilhões em 2013 e o mercado britânico projetou vendas de US $ 5,34 bilhões em 2016. “O Activewear está em foco, com um crescimento de vendas superior ao do mercado de vestuário como um todo, e é porque os consumidores estão vestindo roupas de ginástica não só para fazer exercícios”, diz Marshal Cohen, analista do NPD Group. “Activewear, por natureza, também evoca um senso de atletismo e bem-estar, o que só au...

Continuar lendo
Comportamento

Nem só do universo feminino vive o mercado plus-size. Um relatório de 2016 da Mintel revela uma oportunidade de crescimento para o mercado de plus-size masculino: “Cerca de um quinto (17%) dos compradores de roupas masculinas buscam roupas de tamanhos maiores quando fazem compras na loja, com maior representatividade entre os homens entre 25 e 34 anos (21%). “O mercado Plus-size para homensCada vez mais vaidosos, os homens deixam de aceitar roupas sem estilo: eles querem e buscam consumir moda. Mais do que roupas maiores, eles querem roupas grandes que unam conforto e estilo. Foto: The Guardian Nos Estados Unidos por exemplo, em 2014 as lojas de roupas femininas plus-size geraram US $ 9 bilhões em receita, distribuídas em 6.000 lojas (IBISWorld). Há menos de 1.000 lojas desse t...

Continuar lendo
Comportamento

A conveniência das compras on-line, o aumento de aplicativos on-demand e o desejo pela experiência além do produto levam a uma rápida evolução do comportamento e perfil do consumidor. Ele é informado, conhece tecnologia, menos leal a marcas e mais impaciente. Esse contexto muda também a forma que o varejo se posiciona, e métodos tradicionais de engajamento deixam de fazer sentido.Como as pessoas vão comprar esse ano? Qual o perfil do consumidor em 2017?Os já conhecidos Millennials (nascidos entre 1982-1995), os hiper conectados da geração Z (nascidos entre 1996 e início dos anos 2000) e a geração boomer (1952 a 1966) definem alguns dos grupos de consumidores. Eles serão cada vez mais guiados por descontos, interessados em alugar ao invés de comprar e dispostos a testar e aprender sobre o p...

Continuar lendo
POSTAGENS ANTERIORESPage 1 of 2NENHUM POST MAIS RECENTE