24 mar X

Algodão responsável unindo a cadeia

Sustentabilidade é o assunto que não sai da pauta na indústria algodoeira. A busca pelas boas práticas sociais, econômicas e ambientais nas unidades produtivas é uma constante. Iniciativas como o programa Algodão Brasileiro Responsável (ABR) representam a preocupação do setor com uma atuação mais sustentável. O programa atua como aliado do cotonicultor para a conquista de uma produção mais rentável, socialmente justa e ambientalmente correta.

algodao-responsavel-unindo-a-cadeia

Durante a safra 2015/2016, 81% da produção total de pluma no Brasil foi certificada seguindo o protocolo do programa ABR, correspondendo a 232 unidades produtivas auditadas e aprovadas, 675 mil hectares de área plantada – o equivalente a 675 mil campos de futebol – e 1,04 milhão de toneladas de pluma. Para a safra atual, as perspectivas para que um montante ainda maior de pluma seja certificada pelos padrões ABR são altamente positivas, já que a previsão para a produção pelo Brasil é de mais de 1,4 milhão de toneladas, número 19% maior quando comparado aos realizados na safra 2015/2016.

É fato que para o sucesso dos projetos relacionados à sustentabilidade, a cadeia precisa estar unida, pois todos precisam seguir os direcionamentos propostos e caminhar no mesmo ritmo para atingir objetivos maiores. É comprovado que a implantação de práticas responsáveis na unidade produtora é sinônimo de maior retorno.

Nosso Movimento trabalha nessa mesma direção, pois quer despertar a indústria têxtil para práticas ligadas à sustentabilidade e estimular essas atitudes por meio do incentivo ao uso do algodão na indústria, trazendo reflexões e discussões sobre o tema para o nosso dia a dia. Colaborar para a produção e o consumo mais consciente é uma das ideias desse Movimento. Nosso trabalho nos próximos anos é o de se aproximar cada vez mais da cadeia produtiva, da indústria têxtil e dos varejistas de moda para, juntos, construirmos valor em torno da fibra.