Sentir-se pleno e confiante no seu estilo tem muito a ver com a peça que você escolhe. O que você veste tem de acompanhar sua natureza, não acha? O fato é: sentir-se bem vestido, sempre cai bem.

Uma das etapas fundamentais para a composição de um look é a escolha do tecido certo. É ele quem vai dar o caimento exato para o seu manequim, deixando a sua peça mais delicada. Sinta o toque da roupa, antes de olhar a etiqueta. Este primeiro contato com o que você vai vestir, ajuda a decidir qual delas merece ir para o provador com você. Se você pensa no que usar no dia-a-dia, conforto é a regra de ouro. Agora, se o foco é o estilo de um look recheado de auto-estima, observe também a modelagem e o caimento.

Para quem não está acostumado com o universo fashion, não entende de costura, mas é um apaixonado por moda e gosta de estar com o guarda-roupas sempre em dia, algumas dicas são essenciais na hora da escolha do tecido.

Vem! Que a gente te mostra:

Dica 1: O toque do algodão a seu favor.

Quem economiza no preço, não precisa abrir mão de conforto. Quando se apaixonar pela peça ainda na vitrine ou na arara, pegue no tecido. Deixe o toque do algodão te mostrar o quanto pode ser gentil com a sua pele. Dê uma olhada na etiqueta, com certeza os toques mais macios e confortáveis têm uma boa porcentagem da fibra.

Quem veste o melhor que tem, já veste bem. Mas o que seria do estilo se não fosse esse conforto e a sensação de ser abraçado pelo o que você veste?

 

Dica 2: Mostre que você entende

Vamos falar de tecelagem? Quem sabe de moda, sabe como os tecidos
são feitos. Atentos aos detalhes, a gente percebe como aquele tecido
foi composto. Quantos fios tem? Que diferença isso faz?

Temperatura. A vantagem do algodão é que ele é versátil, podendo ser utilizado na confecção de peças quentes ou frias. O verão trouxe roupas com tramas mais leves e caimento mais solto. Agora, no inverno, algodão segue tendência. São tramas mais concisas e os fios ficam mais próximos. No frio, a gente fica juntinho, não fica? O inverno pede peças mais quentes e com um caimento mais modelado ao corpo. Não dizem que nesta época do ano a gente se veste melhor? Então, é hora de provar: observe se os fios do tecido são espessos. Se forem, eles irão manter o calor no seu corpo.

 

Dica 3: Peças com bom acabamento são bem feitas.

Ás vezes a gente não sabe direito o que quer, provamos esta, aquela, vem pro corpo, volta pro cabide. Mas uma coisa a gente sabe que ninguém quer: um caimento ruim. Mas o que define se a peça lhe cai bem? O acabamento. O espelho sabe e a gente sente. Uma sensação de encontro, não é? O algodão é uma das fibras favoritas dos estilistas. Facilita o corte, e um bom corte é a chave do caimento perfeito 😉

 

Dica 4: Quem exige estilo, exige tecido.

Quem gosta de um bom café, sabe distinguir a torra do grão. Quem gosta de um bom vinho, sente a qualidade das uvas. Quem se veste bem, conhece a titulagem do tecido que usa. Se você ainda não conhece, é bem simples.

A titulagem é um número que nos diz quantos fios temos por centímetro quadrado do tecido. Já falamos disso, detalhes fazem a diferença. Quanto mais fios, mais qualidade, mais maciez. Geralmente, uma bela camisa é feita de 80 a 100 fios por centímetro quadrado. E lembre-se, temos outros números importantes na etiqueta, sempre confira! E, claro, só uma boa peça pode ter um bom preço.

 

Dica 5: Vista o que você é.

Serão 1000 blogs, 100 pins, um dezena de recortes e uma porção de dicas. Mas basta olhar pra dentro e sentir, até a imagem do espelho muda quando nos sentimos confortáveis com o que somos, conscientes do que nos tornamos. Naturalmente você, leve, original e com um estilo só seu. Mesmo diante de todas as tendências, a gente veste o que é, por essência! Só dentro de você existe um cantinho onde a gente encontra paz de estilo. Conhecer o que você veste é conhecer quem você é.